A vida, sorrisos, histórias, viagens, amigos, novidades, cusquices, banalidades, tormentos e muito de Alcobaça...

.mais sobre mim

.posts recentes

. Falando sobre como somos....

. Brevemente...

. Foi assim uma destas minh...

. Conhecer interiormente???...

. Cifrado?

. Para ti...hoje...

. Traveller Candy

. Em breve por terra das sa...

. 403 Euros?

. Sugestão.

.arquivos

. Agosto 2010

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Agosto 2005

. Julho 2005

.links amigos

Quarta-feira, 12 de Abril de 2006

Triagem de Manchester no Hospital de Alcobaça

O sistema de triagem de Manchester vai ser implementado no Hospital de Alcobaça apartir de 1 de Junho, assim o garante António Ventura, Presidente do Conselho de Administração daquele Hospital.

Este sistema, basicamente consiste numa primeira triagem, onde um enfermeiro observa o paciente e classifica o grau de gravidade e emergência da urgência em questão. Classifica assim com cores, do mais grave para o menos urgente ( vermelho, laranja, amarelo e verde ).

Na minha opinião este tipo de sistema impede certo tipo de abusos de pessoas que recorrem ao serviço de urgências injustificadamente, entupindo a lista de espera. Pessoalmente, já estive no Hospital de Alcobaça com uma crise horrível de fígado e tive de esperar que todas as crianças fossem consultadas primeiro, ainda por cima quando a maioria delas apenas estava ligeiramente febril, próprio daquela altura do ano ( Novembro ). Assim, com este tipo de triagem, certamente não estaria tantas horas à espera...

Por outro lado, acho que tem uma grande vantagem, uma vez que a primeira abordagem é feita por um enfermeiro, que faz uma primeira observação ligeira e rápida, mas pode de certa forma sossegar-nos e esclarecer as nossas dúvidas, sentindo-nos assim mais apoiados.


publicado por pim às 16:08

link do post | comentar | favorito
|

5 comentários:
De papoila_saltitante a 12 de Abril de 2006 às 21:19
Óptima novidade!! Já não era sem tempo que tal acontecia. Sabe-se que tem sido implementado com bastante sucesso noutros hospitais do país, há que trazer cá para a terrinha algo de positivo.
Eu tenho a dizer que apesar de tudo o nosso hospitalzinho nem é muito mau... antes quero ser atendida nele primeiro que ir para um central, mais impessoal!!! Faltam-lhe é algumas valências. Faz falta uma urgência Pediatrica, talvez assim se evitasse as idas até Leiria ou até Caldas, mas pronto...para o que temos já não é muito mau!!
Beijocas


De Miguel a 13 de Abril de 2006 às 01:03
Boa ideia sim senhora!
Em Penafiel já adoptaram esse sistema e funciona, perfeitamente! Eu levei com a cor verde, que até prefiro o azul, e esperei 3:10 para ser atendido e ainda bem, porque deu para ver um filme e dormir um pouco, no quentinho e aconchego da sala de espera das urgências :)

Fica bem


De Anónimo a 2 de Fevereiro de 2008 às 14:51
Que lindo!
Se eu tivesse um médico em casa nunca iria ao hospital Como não tenho, como posso saber se manchas vermelhas generalizadas no corpo de um bébé de 7 meses é urgente ou não? E, não sendo urgente, apenas necessitando de vigilância médica, como aceder a ela se não tenho médico de família, eu e milhares de outros aqui em Alcobaça? Faz ideia do que é necessário para arranjar uma consulta no Centro de Saúde de Alcobaça para quem não tem médico de família? Só à base de livro de reclamações e mesmo assim para as calendas gregas.
Mas a nossa unha encravada dói mais do que o enfarte do vizinho... Não é?
JCAM


De Liliana a 11 de Janeiro de 2010 às 12:39
Pois, realmente é muito bonito falar antes de ver, porque antigamente eu (e os outros) era antendida com muito mais facilidade do que agora que existe essa triagem.

Já por duas vezes tive que ir ao Hospital de Alcobaça por me sentir bastante doente e esperei horas e horas. Da última vez, há duas semanas esperei mais de 5 horas. E não só eu como todos os que lá estavam.

É interessante que em casa temos febre, na triagem nunca temos. E como é logico depois dessas horas todas, quando finalmente somos atendidos estamos a arder em febre !

É brincar com as pessoas !!


De Carlos a 31 de Agosto de 2010 às 16:13
Chon, a falta de senso na saúde
ou o porquê do fim do hospital de Alcobaça:
http://chon2010.webs.com


Comentar post

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
26
27
28

29
30
31